Seu navegador não suporta java script, alguns recursos estarão limitados. Alexandre Berzosa Saliba - Conselho Nacional do Ministério Público

Alexandre Saliba 2

Informações

Nome: Alexandre Berzosa Saliba
Origem: Juiz Federal
Vaga: Superior Tribunal de Justiça
Mandato: biênio 2013-2015
Nomeação: Diário Oficial da União de 8/8/2013
Posse: 12/8/2013

Contato

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Telefones: (61) 3366-9254 e (61) 3366-9153 e (61) 3366-9144

Saiba mais:

Alexandre Berzosa Saliba nasceu em 27 de outubro de 1969. É bacharel em Direito pela Faculdade de Direito de Santos e especialista em Direito Processual Penal pela Universidade Metropolitana de Santos.

Exerceu a advocacia de abril de 1993 até novembro de 1995. Exerceu a magistratura no TJ/MS, tendo sido aprovado no concurso de novembro de 1995. Foi assessor do ministro José Augusto Delgado, no Superior Tribunal de Justiça, em 1996. De dezembro de 1996 a março de 2001, foi juiz de direito do Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul. De 2001 a 2006, exerceu o cargo de juiz federal da 2ª Região (RJ). Em julho de 2006 transferiu-se para a Justiça Federal da 3ª Região. Atualmente é titular da 1ª Vara Federal de Santos/SP. Atuou como magistrado instrutor no Supremo Tribunal Federal, no gabinete da ministra Ellen Gracie, entre 2010 e 2011. Foi nomeado pelo ministro Cezar Peluso para compor comissão visando ao aprimoramento da disciplina do processamento das extradições (Portaria nº 47, de 20/2/2011), e nomeado pelo corregedor-geral da Justiça Federal, ministro do Superior Tribunal de Justiça João Otávio de Noronha, para compor comissão nacional de proposta de administração dos bens apreendidos pela Justiça Federal (Portaria nº 337, de 17/10/2012). É Conselheiro Nacional do Ministério Público desde agosto de 2013, e preside a Comissão do Sistema Prisional, Controle Externo da Atividade Policial e Segurança Pública.

É professor da Escola da Magistratura Federal da 3ª Região (Emag). Foi professor da Escola da Magistratura do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro e em cursos preparatórios para o ingresso nas carreiras do Ministério Público e da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (Ênfase e Master Juris), nas cadeiras de Direito Penal e Direito Processual Penal.

É coautor da obra “Repercussão Geral no Recurso Extraordinário”, estudos em homenagem à ministra Ellen Grace (Ed. Livraria do Advogado).