Seu navegador não suporta java script, alguns recursos estarão limitados.

Artigos de especialistas internacionais sobre os modelos de Ministério Público em Portugal, Espanha, Itália, Argentina, Chile, Estados Unidos, França e Alemanha compõem o primeiro número da Revista do CNMP, lançada nessa quarta-feira, 15, pelo Conselho Nacional do Ministério Público.  

“O lançamento desse fórum de debates, que pretende ser um espaço para convergência de ideias no MP brasileiro, é mais um momento de consolidação do Conselho”, comemorou o presidente do CNMP, Roberto Gurgel.

O presidente da Comissão de Jurisprudência do CNMP, conselheiro Luiz Moreira, agradeceu a colaboração das associações do MP – Associação Nacional do Ministério Público Militar (ANMPM), Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT) e Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp) – na tradução dos artigos para a edição do primeiro número da publicação. “Ela vem demonstrar que existe no Ministério Público muito mais convergência que divergência, como diz a conselheira Claudia Chagas”, afirmou.

A Revista é semestral e será remetida gratuitamente para bibliotecas do MP e para suas associações, para tribunais e para escolas de Direito. Exemplares podem ser solicitados pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

Já está no prelo, para lançamento em 9 de agosto, o segundo número da Revista, que terá artigos de autores internacionais convidados sobre o controle externo da atividade policial. A partir da terceira edição, haverá chamada pública para envio de trabalhos (call for papers), com o objetivo de selecionar textos de estudiosos brasileiros e estrangeiros.

Confira a apresentação e o sumário do primeiro número da Revista do CNMP.


Secretaria de Comunicação
Conselho Nacional do Ministério Público
Telefone: (61) 3366-9124/34
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Siga o CNMP no Twitter: twitter.com/conselhodomp