Seu navegador não suporta java script, alguns recursos estarão limitados. Emenda regimental permite a interposição de embargos em decisões do corregedor nacional do MP - Conselho Nacional do Ministério Público
Regimento interno
Publicado em 2/7/19, às 14h33.

 

fachada CNMPFoi publicada nesta terça-feira, 2 de julho, no Diário Eletrônico do CNMP, a Emenda Regimental nº 21/2019. A norma altera o caput do artigo 156 do Regimento Interno do Conselho Nacional do Ministério Público, para permitir a interposição de embargos de declaração referentes a decisões do corregedor nacional do MP.

Com a mudança, o artigo 156 passa a vigorar com a seguinte redação: “Das decisões do Plenário, do Relator e do Corregedor Nacional cabem embargos de declaração quando houver obscuridade, omissão, contradição ou erro material”.

A proposta foi apresentada pelo corregedor nacional do Ministério Público, Orlando Rochadel, e relatada pelo então conselheiro Gustavo Rocha.

Processo: 1.01005/2017-60 (proposição).

Leia mais sobre o assunto

CNMP aprova proposta que trata da oposição de embargos em decisões do corregedor nacional do MP

Secretaria de Comunicação Social
Conselho Nacional do Ministério Público
Fone: (61) 3315-9424
jornalismo@cnmp.mp.br 
Twitter: cnmp_oficial
Facebook: cnmpoficial