Seu navegador não suporta java script, alguns recursos estarão limitados. Comissão da Saúde participa de evento do Ministério da Saúde sobre ações educativas de prevenção ao suicídio e automutilação - Conselho Nacional do Ministério Público
Saúde
Publicado em 11/9/20, às 09h36.

capa 20Nesta quinta-feira, 10 de setembro, Dia Mundial de Prevenção do Suicídio, a Comissão da Saúde do Conselho Nacional do Ministério Público (CS/CNMP) participou do lançamento, promovido pelo Ministério da Saúde, das Ações de Educação em Saúde em Defesa da Vida. Trata-se de uma série de atividades educativas, itinerantes e on-line que contemplam a realização de quatro ciclos de promoção e prevenção em saúde. A iniciativa foi apresentada em cerimônia no Palácio do Planalto, Brasília (DF).

Estiveram presentes no lançamento a presidente da CES, conselheira Sandra Krieger; e os membros auxiliares Jairo Bisol e Rafael Meira Luz. A participação A vai ao encontro da atuação da Comissão da Saúde no âmbito do Planejamento Estratégico do CNMP. Para este biênio, a atuação da CS concentra-se em dois objetivos de contribuição principais, sendo um deles: o fomento a uma política continuada de atenção e cuidado com a saúde mental dos membros e servidores do MP brasileiro. Além disso, caberá ao  Ministério Público brasileiro acompanhar a efetivação do projeto lançado hoje pelo Ministério da Saúde.

Quanto ao projeto do Ministério da Saúde, no primeiro ciclo, as ações são voltadas à prevenção do suicídio e da automutilação, a partir do Setembro Amarelo. “A problemática da saúde mental como resultado da pandemia precisa ser tratada de maneira direta, com programas sérios e de qualidade, para que a gente não perca ainda mais pessoas. E nisso, nós somos pioneiros. Estamos à frente com programas que tratam abertamente sobre o assunto”, destacou o ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, durante o evento.

As atividades incluem cursos a distância, encontros, palestras e elaboração de materiais para ampliar o atendimento em saúde, a formação nas escolas e nas comunidades. O objetivo é qualificar o conhecimento de profissionais da área, conselheiros tutelares, professores, líderes sociais, religiosos e de entidades beneficentes, tornando-os multiplicadores da prevenção. 

A iniciativa é desenvolvida em parceria com os ministérios da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, da Educação e entidades como a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). Os conteúdos educativos estão disponíveis no site prevencaoevida.com.br, onde as inscrições para as atividades já estão abertas e de forma gratuita. O portal também abriga cartilhas e videoaulas. O público-alvo são adolescentes entre 11 e 18 anos e multiplicadores.

As ações baseiam-se na Política Nacional de Educação Permanente em Saúde (PNEPS), adotada como estratégia do Sistema Único de Saúde (SUS) para a formação e o desenvolvimento dos seus profissionais, buscando articular a integração entre ensino, serviço e comunidade.

Além de Brasília, o projeto também será apresentado em Fortaleza (11 e 12 de setembro), Belo Horizonte (18 de setembro) e Curitiba (24 de setembro).

*Com foto e informações do Ministério da Saúde. 

Secretaria de Comunicação Social
Conselho Nacional do Ministério Público
Fone: (61) 3315-9424
jornalismo@cnmp.mp.br 
Twitter: cnmp_oficial
Facebook: cnmpoficial