Seu navegador não suporta java script, alguns recursos estarão limitados. Ouvidoria Nacional do Ministério Público lança campanha contra assédio no ambiente de trabalho - Conselho Nacional do Ministério Público
Sessão
Publicado em 9/3/21, às 12h26.

Banner Trabalho com RespeitoO ouvidor nacional do Ministério Público, Oswaldo D’Albuquerque, anunciou nesta terça-feira, 9 de março, durante a 3ª Sessão Ordinária de 2021, o lançamento da campanha “Trabalho com Respeito”, pelo fim do assédio contra as mulheres no ambiente de trabalho.

A iniciativa da campanha é da Ouvidoria Nacional do Ministério Público, em alusão ao Dia Internacional da Mulher, comemorado nesta segunda-feira, 8 de março. Ao longo desta semana, no perfil oficial do CNMP no Instagram, serão postados vídeos curtos que abordarão diferentes temáticas relacionadas ao combate ao assédio sexual e moral no ambiente de trabalho.

Segundo Oswaldo D’Albuquerque, muitas mulheres que sofrem assédio nas instituições não denunciam por falta de canal especializado, falta de apoio e acolhimento, sensação de impunidade ou por medo de retaliação e de perda do cargo ou função.

“Não existiria momento mais adequado e oportuno para o lançamento da campanha ‘Trabalho com Respeito’, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, com o objetivo de informar as mulheres sobre seus direitos, incentivando à denúncia”, explicou o ouvidor nacional do MP.

Nesse contexto, a promotora de Justiça e membro auxiliar da Ouvidoria Nacional, Gabriela Mansur, destacou que o CNMP dispõe de um serviço especializado. “É importante ressaltar o canal especializado da Ouvidoria das Mulheres no âmbito da Ouvidoria Nacional para o recebimento dessas denúncias e encaminhamento às autoridades competentes, e também o apoio e acolhimento às vítimas. A iniciativa é salutar e vai ao encontro dos tratados internacionais dos quais o Brasil é signatário e ao respeito aos Diretos Humanos das Mulheres, que é um dos princípios da atuação do Conselho Nacional do Ministério Público”, afirmou.

A campanha vai mostrar que violências, como o assédio, tiram da mulher o direito ao ambiente de trabalho saudável, além de afetar a quantidade e a qualidade de sua atividade profissional. A iniciativa também divulgará que o assédio sexual e moral é uma ofensa à dignidade da pessoa humana e deve ser combatido por todos.

Serviço:

Ouvidoria das Mulheres
E-mail para denúncias: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
WhatsApp para denúncias: (61) 3315-9476

Secretaria de Comunicação Social
Conselho Nacional do Ministério Público
Fone: (61) 3315-9424
jornalismo@cnmp.mp.br 
Twitter: cnmp_oficial
Facebook: cnmpoficial