Seu navegador não suporta java script, alguns recursos estarão limitados. CNMP e CNJ firmam convênio para acesso ao Cadastro Nacional de Adoção - Conselho Nacional do Ministério Público
Publicado em 1/12/8, às 01h00.

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) e o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) assinam nesta terça-feira, 2 de dezembro, Termo de Cooperação Técnica para que os membros do Ministério Público ligados às varas da Infância e Juventude passem a ter acesso às informações do Cadastro Nacional de Adoção (CNA).

O CNA foi criado em 2008 pelo Conselho Nacional de Justiça, para que os processos de adoção tenham mais rapidez, segurança e transparência. A ferramenta também faz a ligação entre todas as Varas da Infância e da Juventude e Varas de Família do país, formando um banco de dados unificado.

Com a assinatura do convênio, o CNJ também passa a ter acesso ao módulo Criança e Adolescente (MCA), banco de dados nacional gerenciado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro, que permite acesso, em tempo real, aos dados de crianças e adolescentes que estão em abrigos.

A assinatura do Convênio acontece amanhã, às 14h, no Auditório do Conselho Nacional de Justiça, entre os presidentes do CNMP, Antonio Fernando Souza, e do CNJ, Gilmar Mendes.

Assessoria de Comunicação
(61) 3366-9137 / 3366-9136 / 9293-0725


Secretaria de Comunicação Social
Conselho Nacional do Ministério Público
Fone: (61) 3315-9424
jornalismo@cnmp.mp.br 
Twitter: cnmp_oficial
Facebook: cnmpoficial