Seu navegador não suporta java script, alguns recursos estarão limitados. Fórum Nacional de Gestão do Ministério Público realiza 1ª Reunião Ordinária 2023 do Ministério Público brasileiro - Conselho Nacional do Ministério Público
Planejamento estratégico
Publicado em 19/6/23, às 15h18.

Fórum FGNIntegrantes do Fórum Nacional de Gestão do Ministério Público (FNG-MP) reúnem-se nestas segunda-feira e terça-feira, 19 e 20 de junho, para analisar, avaliar e propor planos de ação para os principais desafios enfrentados na implementação do Mapa Estratégico Nacional do Ministério Público. É a 1ª Reunião Ordinária de 2023 do FNG.

Promovido pela Comissão de Planejamento Estratégico (CPE) do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), o encontro virtual recebeu 306 inscrições e reuniu, no primeiro dia, 279 representantes dos comitês do Ministério Público e da Administração Superior (RAS). Os comitês contemplam as áreas de políticas de comunicação social, de gestões administrativa, estratégica, orçamentária, pessoas e de tecnologia da informação.

Paulo Roberto Ishikawa, coordenador-geral do FNG, membro colaborador da CPE e representando seu presidente, conselheiro Moacyr Rey Filho, abriu as atividades do FNG, destacando a expressiva participação dos comitês no evento e a importância da atuação do fórum na revisão do plano estratégico nacional.

“É exatamente nesse espírito que a gente consegue, todos nós, os comitês, a RAS, e a coordenação do Fórum Nacional de Gestão, dialogar, sentar lado a lado para que juntos possamos pensar num Ministério Público mais moderno, atual, objetivo e resolutivo”, disse.

A coordenadora da RAS e membra colaboradora da CPE, Hiza Maria Silva Carpina, ressaltou o papel da Administração Superior de apoiadora das iniciativas do fórum a fim de trazê-las para dentro das unidades do Ministério Público. “Estamos completamente abertos para ouvir as iniciativas e demandas de cada comitê, para colaborar para que a nossa atuação seja coordenada de fato”, afirmou.

Plano estratégico

Fórun FNGIshikawa explicou que o plano estratégico nacional, construído em 2019 para vigorar no período de 2020 a 2029, passará por três revisões, sendo que a primeira revisão já começou. Nesse processo, missão, visão, valores e objetivos estratégicos serão mantidos, havendo apenas uma revisão parcial dos programas e ações estratégicos.

“O modelo de construção do plano estratégico é um modelo mais simplificado, não há as mesmas exigências de 2019. Então hoje é algo mais simples, mais leve e mais rápido para que se possa trabalhar nos programas e ações, que são também mais concretas e precisam ser mais dinâmicas”, informou.

O coordenador do FNG também fez, durante o evento, um breve apanhado da atuação do fórum, destacando a composição atual, o organograma, as principais publicações e capacitações já realizadas com os integrantes dos comitês.

Entre as principais normas estão as Resoluções CNMP nº 102/2013, que trata da Contratação e soluções de TI; a nº 147/2016 (Governança do Planejamento Estratégico); a nº 171/2017 (Política Nacional de TI); a Recomendação nº 52/2017 (Política Nacional de Gestão de Pessoas); e a Resolução nº 257/2023 (MP Digital).

Dentre as publicações destacam-se os manuais: Cartilha de Inovação por meio de projetos, Captação de recursos, Relacionamento com a imprensa e Mídias sociais.

As atividades da manhã foram encerradas com a palestra “Qual o propósito do FNG”, por meio da qual Ishikawa destacou que o FNG são as pessoas e o conjunto de propósitos que cada pessoa carrega dentro de si e traz para o Fórum Nacional de Gestão. “A quantidade de propósito que a gente consegue trazer para o Fórum Nacional é a quantidade de produto, de resultado e de resolutividade que a gente pode trazer para o Ministério Público brasileiro”, afirmou.

A 1ª Reunião Ordinária de 2023 do FNG-MP prossegue na terça-feira, 20, com as atividades dos comitês temáticos. Na oportunidade também serão definidos os nomes dos novos coordenadores e subcoordenadores para o biênio 2023-2024 do RAS e dos comitês.

O FNG

O Fórum Nacional de Gestão é estruturado em seis comitês temáticos: Comitê de Políticas de Tecnologia da Informação do Ministério Público (CPTI); Comitê de Políticas de Comunicação Social (CPCom); Comitê de Políticas de Gestão Administrativa (CPGA); Comitê de Políticas de Gestão Orçamentária (CPGO); Comitê de Políticas de Gestão de Pessoas (CPGP); e Comitê de Política de Gestão Estratégica (CPGE).

 Junto ao Fórum atuam os Representantes da Administração Superior (RAS), grupo composto por membros da alta administração, que atuam para ampliar, aprimorar e dar efetividade às deliberações do Fórum.

 Saiba mais sobre o Fórum Nacional de Gestão, clicando aqui.

Fotos: Sérgio Almeida.

Confira o álbum de fotos do evento.

Secretaria de Comunicação Social
Conselho Nacional do Ministério Público
Fone: (61) 3315-9424
jornalismo@cnmp.mp.br 
Twitter: cnmp_oficial
Facebook: cnmpoficial
Instagram: cnmpoficial
YouTube: conselhodomp